segunda-feira, 5 de setembro de 2011

O QUE É O HOMEM?

Segundo Aristóteles, o homem é um animal político. Já Thomas Willis, o homem é um animal sorridente. Para Benjamim Franklin, o homem é um animal fazedor de ferramentas. Segundo Edmund Burke, o homem é um animal religioso. Para James Boswell, o homem é um animal que cozinha.


Mas o que é o homem?
Quando assistimos os telejornais ou quando lemos um jornal e nos deparamos com os crimes bárbaros que o homem é capaz de cometer, logo somos levados a conclusão que o homem é um animal... E dependendo da monstruosidade, dizemos que o homem é um ser bestial e nem um animal seria capaz de fazer algo tão monstruoso.

Segundo John Stott, em seu livro “Por que sou cristão”, há cinco características que nos diferencia dos animais:

1) Pensar;
2) Escolher;
3) Criar (Criatividade);
4) Amar;
5) Adorar.

Essas são as cincos capacidades que diferencia o ser humano.
Mas o ser humano não é todo belo, pois do coração humano vem os maus pensamentos. Do coração, o homem tira coisas boas e coisas ruins.

Os seres humanos são um paradoxo estranho e trágico. Somos capazes da mais excelente nobreza e da mais baixa crueldade. [...] Somos ao mesmo tempo nobres e ignóbeis. Racionais e irracionais. Morais e imorais. Criativos e destrutivos. Amorosos e egoístas. Parecido com Deus e bestiais”.
(John Stott – Por que sou cristão. Pag. 82 – Ed. Ultimato)

2 comentários:

Raimundo Cardoso disse...

Somos ser humanos caídos da Graça de Deus. Perdemos toda nossa beleza quando aconteceu o pecado original. O homem foi destituído de tudo que tinha de bom, de belo, de puro, e de perfeito.por isso vemos as atrocidades e destruição no mundo inteiro. O homem perdeu sua originalidade, mas não veio do primata. Apenas perdeu tudo que tinha de bom nele o Espírito de Deus.

Raimundo Cardoso disse...

Muito boa a informação!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails